Dilton Junior

@dilton68jr

Tec. Informática
Posting
449
Pengikut
451
Mengikuti
2,262
Vinda do Reino "O reino de Deus não vem com aparência exterior. " - Jesus. (LUCAS, 17-20.) Os agrupamentos religiosos no mundo permanecem, quase sempre, preocupados pelas conversões alheias. Os crentes mais entusiastas anseiam por transformar as concepções dos amigos. Em vista disso, em toda a parte somos defrontados por irmãos aflitos pela dilatação do proselitismo em seus círculos de estudo. Semelhante atividade nem sempre é útil, porquanto, em muitas ocasiões, pode perturbar elevados projetos em realização. Afirma Jesus que o Reino de Deus não vem com aparência exterior. É sempre ruinosa a preocupação por demonstrar pompas e números vaidosamente nos grupos da fé. Expressões transitórias de poder humano não atestam o Reino de Deus. A realização divina começara do íntimo das criaturas, constituindo gloriosa luz do templo interno. Não surge à comum apreciação, porque a maioria dos homens transitam semicegos, através do túnel da carne, sepultando os erros do passado culposo. A carne é digna e venerável, pois é vaso de purificação, recebendo-nos para o resgate preciso; entretanto, para os espíritos redimidos significa "morte" ou "transformação permanente". O homem carnal, em vista das circunstâncias que lhe governam o esforço, pode ver somente o que está "morto" ou aquilo que "vai morrer". O Reino de Deus, porém, divino e imortal, escapa naturalmente à visão dos humanos. Por: Emmanuel Médium: Francisco Cândido Xavier 🌺🌺🌺🌺🌺🌺🌺
4 0
10 hari yang lalu
Vida Estreita "Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-le-á, mas qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do Evangelho, esse se salvará". - Jesus ( Marcos: 8 - 35 ) Para que possamos entender a grandeza do oculta do ensinamento do Cristo é imprescindível considerações especiais no círculo de nossa própria individualidade. Já pensaste relativamente à propriedade legítima da vida? Pertencer-te-ão, de fato, os patrimônios materiais, as paisagens exteriores, o teu próprio corpo? Sabes que não. O homem esclarecido está certo da transitoriedade do quadro em que se movimenta nos caminhos do mundo, reconhecendo a si mesmo como usufrutuário na Casa de Deus. Nem mesmo o invólucro carnal lhe pertence em sentido absoluto. Jesus, portanto, não aludia à Vida Universal, criação do Pai Eterno, mas à vida estreita de expressões caprichosas que o homem egoísta inventou a si próprio, na Terra. Tanto assim, que o Mestre se refere à Sua Vida e não à nossa vida. Enquanto a criatura deseje salvar caprichos criminosos, perderá a oportunidade de elevar-se aos domínios da Sublimação Espiritual. Quase sempre edificamos criações menos dignas no processo evolutivo e erigimos barreiras entre nós e a Inspiração Superior. A Mensagem Divina flui incessantemente para os nossos corações, mas numerosos companheiros estão procurando defender certas construções indesejáveis nos caminhos da viciação, do dinheiro, da sexualidade. Todavia, enquanto perdure semelhante atitude mental, é impossível que o Homem se identifique com a Plenitude da Vida Eterna. Estará comprando objetos materiais e vendendo-os nos mercados inferiores, amarrando o coração para desamarrá-lo depois, em grandes padecimentos na esfera das afeições desviadas. Aguilhoado às ilusões venenosas onde se compraz em viver temporariamente, é um seixo arestoso nas estradas terrestres, mas quando delibera afeiçoar-se à Consciência Universalista de Jesus, o Homem é a Estrela que conquistou as Vastidões do Céu. Por: Emmanuel Do livro: Harmonização Médium: Francisco Cândido Xavier
8 0
14 hari yang lalu
Compareça
6 0
16 hari yang lalu
Vida e Posse "Não é a vida mais que o alimento?" – Jesus – (Mateus, 6:25.) Aconselha-te com a prudência para que teu passo não ceda à loucura. Há milhares de pessoas que efetuam a ramagem carnal, amontoando posses exteriores, à gana de ilusória evidência. Senhoreiam terras que não cultivam. Acumulam ouro sem proveito. Guardam larga cópia de vestimenta sem qualquer utilidade. Retém grandes arcas de pão que os vermes devoram. Disputam remunerações e vantagens de que não necessitam. E imobilizam-se no medo ou no tédio, no capricho maligno ou nas doenças imaginárias, até que a morte lhes reclama a devolução do próprio corpo. Não olvides, assim, a tua condição de usufrutuário do mundo, e aprende a conservar no próprio íntimo os valores da grande vida. Vale-te dos bens passageiros para estender o bem eterno. Aproveita os obstáculos para incorporar a riqueza da experiência Não retenhas recursos externos de que não careças. Não desprezes lição alguma. Começa a luta de cada dia, com o deslumbramento de quem observa a beleza pela primeira vez e agradece a paz da noite como quem se despede do mundo para transferir-se de residência. Ama pela glória de amar. Serve sem prender-te. Lembra-te de que amanhã restituirás à vida o que a vida te emprestou, em nome de DEUS, e que os tesouros de teu espírito serão apenas aqueles que houveres amealhado em ti próprio, no campo da educação e das boas obras. Por: Emmanuel Do livro: Palavras de Vida Eterna Médium: Francisco Cândido Xavier
6 0
16 hari yang lalu
Vida Conjugal “Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o seu marido.” – Paulo. (Efésios, 5:33.) As tragédias da vida conjugal costumam povoar a senda comum. Explicando o desequilíbrio, invoca-se a incompatibilidade dos temperamentos, os desencantos da vida íntima ou as excessivas aflições domésticas. O marido disputa companhias novas ou entretenimentos prejudiciais, ao passo que, em muitos casos, abre-se a mente feminina ao império das tentações, entrando em falso rumo. Semelhante situação, porém, será sempre estranhável nos lares formados sobre as escolas da fé, nos círculos do Cristianismo. Os cônjuges, com o Cristo, acolhem, acima de tudo, as doces exortações da fraternidade. É possível que os sonhos, muita vez, se desfaçam ao toque de provas salvadoras, dentro dos ninhos afetivos, construídos na árvore da fantasia. Muitos homens e mulheres exigem, por tempo vasto, flores celestes sobre espinhos terrenos, reclamando dos outros atitudes e diretrizes que eles são, por enquanto, incapazes de adotar, e o matrimônio se lhes converte em instituição detestável. O cristão, contudo, não pode ignorar a transitoriedade das experiências humanas. Com Jesus, é impossível destruir os divinos fundamentos da amizade real. Busque-se o lado útil e santo da tarefa e que a esperança seja a lâmpada acesa no caminho... Tua esposa mantém-se em nível inferior à tua expectativa? Lembra-te de que ela é mãe de teus filhinhos e serva de tuas necessidades. Teu esposo é ignorante e cruel? Não olvides que ele é o companheiro que Deus te concedeu... Por: Emmanuel Médium: Francisco Cândido Xavier Bom dia
6 0
18 hari yang lalu
Vibrações Um homem sisudo entrou numa sala onde várias pessoas conversavam cordialmente. O recém-chegado sentou-se sem dizer palavra. Destacou-se para logo uma estranha ocorrência. Os circunstantes calaram-se e, em seguida, afastaram-se, um por um. O dono da casa veio ao encontro do último dos retirantes e perguntou: - Que terá sucedido, se o meu novo hóspede nada chegou a dizer? O interpelado, no entanto, respondeu, hesitante. Não consigo explicar, mas tenho a impressão de que o silêncio dele faz barulho demais. Por: Emmanuel Do livro: Recados Do Além Médium: Francisco Cândido Xavier Ótimo domingo
2 0
19 hari yang lalu
União Fraternal "Procurando guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz." - Paulo. (EFÉSIOS, 4:3.) A frente de teus olhos, mil caminhos se descerram, cada vez que te lembras de fixar a vanguarda distante. São milhões de sendas que marginam a tua. Não olvides a estrada que te é própria e avança, destemeroso. Estimarias, talvez, que todas as rotas se subordinassem à tua e reportas-te à união, como se os demais viajores da vida devessem gravitar ao redor de teus passos... Une-te aos outros, sem exigir que os outros se unam a ti. Procura o que seja útil e belo, santo e sublime e segue adiante... A nascente busca o regato, o regato procura o rio e o rio liga-se ao mar. Não nos esqueçamos de que a unidade espiritual é serviço básico da paz. Observas o irmão que se devota às crianças? Identificas o cuidado daquele que se fez o amigo dos velhos e dos jovens? Assinalas o esforço de quem se consagrou ao aprimoramento do solo ou à educação dos animais? Aprecias o serviço daquele que se converteu em doutrinador na extensão do bem? Honra a cada um deles, com o teu gesto de compreensão e serenidade, convencido de que só pelas raízes do entendimento pode sustentar-se a árvore da união fraterna, que todos ambicionamos robusta e farta. Não admitas que os outros estejam enxergando a vida através de teus olhos. A evolução é escada infinita. Cada qual abrange a paisagem de acordo com o degrau em que se coloca. Aproxima-te de cada servidor do bem, oferecendo-lhe o melhor que puderes, e ele te responderá com a sua melhor parte. A guerra é sempre o fruto venenoso da violência. A contenda estéril é resultado da imposição. A união fraternal é o sonho sublime da alma humana, entretanto, não se realizará sem que nos respeitemos uns aos outros, cultivando a harmonia, à face do ambiente que fomos chamados a servir. Somente alcançaremos semelhante realização "procurando guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz." Por: Emmanuel Médium: Francisco Cândido Xavier Bom dia
8 0
1 bulan lalu
Uma Só Luz Ninguém nega que provações amargam, que lutas complicam, que desentendimentos dificultam, que ofensas ferem. Ninguém nega isto. Entretanto, é imperioso considerar tudo isso na condição real com que se apresenta na escola da vida, isto é, por material didático imprescindível na elucidação e no aperfeiçoamento da alma. Rememora, a título de estudo, os últimos dez anos de existência, sobre os quais te eriges fisicamente agora. Examina a transitoriedade de todas as ocorrências que te entretecem a paisagem exterior. Enumera os obstáculos que atravessaste, muitos dos quais se te figuravam montanhas de aflição, e que hoje se te transformaram em experiências benditas. Recorda os companheiros que se distanciaram de ti ou dos quais te distanciaste, cuja ausência, antes da separação, te parecia insuportável e que atualmente resguardas na memória por benfeitores a que te reúnes, em espírito, dentro de mais altas dimensões de harmonia e entendimento. Conta os problemas de família que te agrediam antigamente, à feição de pesadelos, presentemente convertidos em vantagens e bênçãos, no caminho da própria vida. Anota o número de pessoas que, em outras ocasiões, interpretavas por adversários potenciais e que o tempo transfigurou em refúgios de paz e compreensão em teu benefício. E pondera quanto aos amigos que acreditavas detentores de longa existência, no corpo terrestre, e que, com surpresa, viste partir, no rumo da Espiritualidade Maior, antes de ti. Revisa tudo o que enxergaste, ouviste, acompanhaste e empreendeste, em apenas dois lustros de permanência na Terra, e verificarás que uma só luz persiste, acima de todos os fenômenos e acontecimentos do dia-a-dia, - a luz do amor que colocaste no dever retamente cumprido, perante as criaturas e ideais a que empenhaste o coração com o trabalho no bem dos outros, luz que permanece inapagável em nós e por nós, a iluminar-nos a estrada para a felicidade verdadeira, hoje e sempre. Por: Emmanuel Médium: Francisco Cândido Xavier Bom dia
4 0
1 bulan lalu
Últimos Na terra, é sempre difícil corresponder à expectativa do Céu, quando nos situamos nos primeiros lugares da vida de relação. Aqueles que dominam nos enganos educativos da carne se algemam, habitualmente, a tantos compromissos com a sombra que, de modo geral, não dispõe de recursos senão para a defesa obstinada dos seus tesouros de ilusão. A evidência no mundo, quase sempre, é aflitivo cativeiro. A liberdade, entre as criaturas terrestres, é supressão de liberdade. A riqueza material, freqüentemente, é dolorosa escravidão do espírito. A mocidade física, em muitas ocasiões, é tentação à indisciplina com imprevisíveis conseqüências. A autoridade terrena costuma ser amargurosa tortura moral. A vitória, entre os homens, na maioria das vezes, sofre lastimável degenerescência, arrojando-se facilmente aos despenhadeiros do crime e do arrependimento. Mas os que sabem caminhar, nos últimos lugares do mundo, realizam sublimes aquisições da alma, no rumo da Imortalidade. Quem sabe apagar-se na humildade contempla a Divina Claridade que fulge mais além. Quem aprende a perder para as trevas entra na posse dos Tesouros Imperecíveis da Luz. Quem não pode brilhar nos artifícios da carne volta-se para dentro do perto ser e aí consegue plasmar qualidades de Eterna Beleza. Quem sabe receber a lição dos vencidos, enche-se de misericórdia e compreensão, convertendo-se em luminoso vaso de fraternidade, por onde se derrama o auxílio de Deus para as criaturas. Se te encontras, acaso, entre os últimos, guarda a paciência e regozija-te, porque estarás na companhia daquele que se fez o derradeiro de todos os tempos, como a Sublime Fonte de Luz, que agiganta com os séculos, clareando o roteiro dos homens,, na Terra e além da morte. Por: Emmanuel Do livro: Harmonização Médium: Francisco Cândido Xavier Bom dia
3 0
1 bulan lalu
8 1
1 bulan lalu
Trabalhemos, Pois Amigos, muita paz. Ao redor de nossa fé, o mundo atual é um palácio claro-escuro de esplendores e trevas, suntuosidade e desconforto, grandeza e decadência. Nos povos – desolação e temor. Nos indivíduos – insegurança e soledade. Nunca a multidão, na Crosta da Terra, foi tão singularmente compacta, quanto agora, e jamais o homem se sentiu tão sozinho. Enquanto louvamos o Senhor, há quem blasfeme. Enquanto amamos, há quem odeie. Enquanto cantamos, há quem chore e desfaleça. Enquanto nos confraternizamos, há que, derrame entre as criaturas o veneno da discórdia e da separação. Espíritas da Boa-Nova, não duvideis! A ceifa de luz já começou. Se a Terra multiplica problemas inquietantes, Cristo é a resposta. Trabalhar – é o mandamento moderno. Servir – é o lema único. Agir – é o método. Educar – é o programa. Progredir – é a lei. Amor – é o roteiro comum. Espiritismo no Evangelho é ação constante no bem. Ação no bem é prece permanente em louvor a Jesus. Seja a nossa presença, onde estivermos, a oração ativa da caridade fraterna e da iluminação espiritual, a beneficio dos nossos semelhantes e de nós mesmos. Trabalhemos, pois, e sigamos para a frente. Por: Emmanuel Do livro: Através do Tempo Médium: Francisco Cândido Xavier Bom dia
6 1
1 bulan lalu
_*Que buscais?*_ 🌹🌹🌹 _”E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais?” — (João, 1.38) 🌹🌹🌹 A vida em si é conjunto divino de experiências. 🌹 Cada existência isolada oferece ao homem o proveito de novos conhecimentos. 🌹 A aquisição de valores religiosos, entretanto, é a mais importante de todas, em virtude de constituir o movimento de iluminação definitiva da alma para Deus. 🌹 Os homens, contudo, estendem a esse departamento divino a sua viciação de sentimentos, no jogo inferior dos interesses egoísticos. 🌹 Os templos de pedra estão cheios de promessas injustificáveis e de votos absurdos. 🌹 Muitos devotos entendem encontrar na Divina Providência uma força subornável, eivada de privilégios e preferências. 🌹 Outros se socorrem do Plano espiritual com o propósito de solucionar problemas mesquinhos. 🌹 Esquecem-se de que o Cristo ensinou e exemplificou. 🌹 A cruz do Calvário é símbolo vivo. 🌹 Quem deseja a liberdade precisa obedecer aos desígnios supremos. 🌹 Sem a compreensão de Jesus, no campo íntimo, associada aos atos de cada dia, a alma será sempre a prisioneira de inferiores preocupações. 🌹 Ninguém olvide a verdade de que o Cristo se encontra no umbral de todos os templos religiosos do mundo, perguntando, com interesse, aos que entram: 🌹🌹 “Que buscais?” 🌹🌹🌹 Livro: Caminho, Verdade e Vida Chico Xavier Emmanuel🙏🏻🙏🏻🙏🏻
7 0
1 bulan lalu